O complexo geológico do Pão de Açúcar é formado por três montanhas denominadas Pão de Açúcar, com 395m (22°56´58.41"S - 43º09´22"W), Morro da Urca, com 224m (22º57´05.79”S-43º 09´50.62”W) e Cara de Cão, com 92m (22o56´27.12”S-43o9´14.89”W).

 

Compreendem afloramentos de rochas magmáticas do tipo granítico-gnaissico, considerados um dos mais famosos sítios geológicos do país, com cerca de 560 milhões de anos de cristalização. Em 2000, durante o 31º Congresso Geológico Internacional, estas montanhas rochosas foram reconhecidas como marco geológico do ponto de colisão e fusão/amalgamação dos continentes africano e sul-americano, que formaram o supercontinente Gondwana no seu lado ocidental.

 

Para mais informações consulte o capitulo 4 do Plano de Manejo do Monumento Natural do Morros do Pão de Açúcar e da Urca Site da Prefeitura do Rio.

Crédito: Márcio Rocha

Formação Geológica

Formação Geológica

© 2018 por Câmara Técnica de Comunicação do Monumento Natural dos Morros do Pão de Açúcar e Urca

Visite o MoNa:

Urca, Praia Vermelha, Rio de Janeiro - RJ

22291-060

Crédito: Márcio Rocha